Menu-Cat

Unha da semana: francesinha geométrica


Bom dia, meus amores!
Há muito tempo que não faço francesinha nas unhas, e me bateu vontade esses dias. Só que eu não queria a tradicional, então resolvi fazer essa geométrica, que é super diferente, mas não deixa a elegância de lado!



Você pode usar qualquer esmalte bem clarinho como base, e puxar em diagonal a francesinha. Puxei um lado até o meio e fiz a mesma coisa do outro lado da unha, formando esse "V". Apliquei glitter só na parte do esmalte clarinho, para dar um up na decoração, porque amo glitter hahaha <3

O que vocês acharam? Gostaram desse estilo?

Mil beijos e até a próxima!<3



Resenha: Ecos - Pam Muñoz Ryan


Editora: Darkside
Nota: 5,0 🌟's + 💖


"Eu acho que a oportunidade de fazer música é um presente que todos devem receber pelo menos uma vez na vida, mesmo que não o desembrulhem por completo."


        SINOPSE: A aventura começa cinquenta anos antes da Primeira Guerra, quando o pequeno Otto se perde na Floresta Negra e encontra as três irmãs encantadas, prisioneiras de uma velha bruxa, que conhecia apenas das páginas de um livro, e acreditava ser apenas uma lenda. Como em um passe de mágica, as irmãs o ajudam a encontrar o caminho de casa. E Otto promete libertá-las, levando o espírito das três dentro de uma inusitada gaita de boca.
Ao longo dos anos, o instrumento chega à mão de novos donos: um menino que vê seu sonho de se tornar músico interrompido pela ascensão do nazismo; um jovem pianista prodígio que vive num orfanato e luta para não ser separado do irmão caçula; uma filha de imigrantes mexicanos que cuidam de uma casa de japoneses enviados à um campo de concentração dentro dos Estados Unidos, durante a Segunda Guerra. Personagens com dramas diferentes, mas um amor transformador pela música. Cada um à sua maneira, eles são afetados pela magia das irmãs.




        Esse foi um livro que abalou minhas estruturas, como todos os que retratam a guerra fazem comigo. A dor quase palpável sentida pelos personagens foi sentida por mim também. Todas as histórias são carregadas de emoções e sofrimento pessoal, e uma luta que vai muito além da Guerra.
        A fantasia que envolve este livro não é daquelas cheias de aventuras com monstros e magia como estamos acostumados, e sim, introduzida ao enredo de forma sutil. De início foi estranho aceitar que existia o fantástico ali, pois tudo parecia muito "real", mas a presença da magia estava contida em um importante objeto que viajou pelo mundo, ligando nossos 3 protagonistas: uma gaita.

        Com certeza um dos melhores livros que li ano passado, provavelmente um dos melhores da vida. A trama é dividida em 3 partes, inicialmente, cada uma contando a história de um personagem. E o final de cada parte me deixava com o coração na mão! Não quero falar sobre o final para não correr risco de soltar spoiler, mas só posso dizer que meu coração foi preenchido de tal forma, que fiquei um bom tempo ouvindo música no fone, deitada na cama com o livro no peito, completamente emocionada.
        Foi um livro feito para ser devorado, porque você quer chegar logo ao final e descobrir o que acontece com cada um deles, porque as coisas não poderiam terminar como parecem, certo? Bom... isso vocês mesmos terão que descobrir.
        Com uma escrita fluída e personagens cativantes, além de uma capa linda, esse livro foi uma das melhores aquisições de 2017!
        Se você gosta de histórias emocionantes, cliffhanger, e música, esse livro vai tocar fundo o seu coração, assim como tocou o meu.

        "Não importa o quanto você não tem, há sempre muito mais na vida para se ter. Portanto, não importa quanta tristeza exista numa canção, vai sempre existir a mesma quantidade de 'talvez as coisas melhorem em breve'".



Unha da semana: Esponjado

Bom dia, amores, tudo bom?
Fiz essa unha como um teste quando estava organizando combinações natalinas para trazer aqui no blog. Era só um teste, e acabei não postando aqui, mas como é uma unha para ser usada em qualquer ocasião, resolvi trazer hoje para vocês!


Como foi apenas um teste, não tirei fotos de passo a passo, mas pretendo tirar e mostrar a vocês em breve! Não é difícil, e eu usei esponja de cozinha mesmo (nova)! Com a prática fica cada vez mais fácil de fazer.



Passei duas camadas do "Porcelain Party" da Maybelline na unha toda, esperei secar bem e esponjei com o "OMG, Sands" da Jade.




Para finalizar, uma camada de Top Coat é suficiente!

Espero que tenham gostado e que possam se inspirar nessa combinação que pode ser feita com diversas cores, dependendo do gosto de cada um <3 Já adianto que quero fazer uma azul com rosa em breve!
Para acompanhar e saber quando o post estiver no ar, me acompanhe no instagram @nandademarins! (só clicar) Sempre aviso por lá quando tem post novo aqui no blog!

Mil beijos e até a próxima!





Resenha: Minha Vida Fora dos Trilhos - Clare Vanderpool


Editora: Darkside
Nota: 5,0 🌟's + 💖

        "Gideon dizia que a gente só precisava de uma trouxa e uma boa cabeça sobre os ombros. Eu tinha as duas coisas, por isso acreditava estar bem."


       
        Sinopse: Abilene Tucker tem 12 anos quando chega de trem em Manifest, Kansas, enviada pelo pai para passar o verão. O que parecia ser o período mais entediante de sua vida ganha um surpreendente rumo quando ela encontra uma velha caixa de charutos repleta de cartas, lembranças e segredos enterrados.




        Temos duas histórias em paralelo sendo narradas no livro: a de Abilene, no presente, contada por ela mesma, e a de Ned e Jinx, dois amigos que se conheceram na época da Primeira Guerra Mundial, contada pela vidente da cidade, srta. Sadie.

        Durante toda a leitura, me peguei curiosa para descobrir os mistérios que rondavam os dois garotos, assim como Abilene. Afinal, quem eles eram? E por que ninguém respondia diretamente as perguntas de Abilene sobre seu pai? Esses questionamentos foram me prendendo cada vez mais ao livro, até o ponto em que todo o quebra-cabeça foi sendo montado diante dos meus olhos. E o que tenho a dizer é: que história maravilhosa!

        A narrativa do passado é bem detalhada, por esse motivo foi muito fácil me sentir próxima de cada habitante do lugar, sentindo com eles as injustiças impostas em uma época de sofrimento, em que Manifest era "uma cidade com um passado rico e um futuro brilhante."

        Nenhum dos segredos deixou a desejar! Me surpreendi com alguns, fiquei triste com outros, e, quando uma história inesperada se desenrolou nas últimas páginas, meu olhos encheram d'água e senti meu coração se transbordar com tristeza, mas acima de tudo, amor. Mesmo que eu não tenha derramado nenhuma lágrima (acho que o fato de eu estar em uma sala de aula lotada de gente ajudou), o final me deixou incrivelmente emocionada!

        Recomendo a todos que gostam de uma escrita fluída e que te envolva. A todos que gostam de personagens cativantes, amizades verdadeiras e união. Recomendo infinitamente a todos que gostam de ter os corações arrebatados por uma história que eu só poderia chamar de: completa.

        "Quando há sofrimento, procuramos um motivo. E é mais fácil encontrar esse motivo dentro de si mesmo."


Minha unha de Ano Novo


Primeiro de tudo: Feliz Ano Novo, pessoal! Como foi o final de ano de vocês? Espero que tenha sido ótimo e que 2018 seja repleto de realizações para todos!


Inicialmente, minha ideia era completamente diferente, mas acabei resolvendo mudar em cima da hora.

Pintei as unhas de branco, com duas camadas desse "Francesinha" da KiCor, deixei secar um pouco e apliquei películas de renda dourada! É bem prático e fica lindo, não é? Sempre deixo o esmalte de base secar (nessa caso, o branco), para que não corra o risco de, ao aplicar a película, acabar borrando tudo. Depois de aplicada, passo o palito ao redor da unha, para soltar o que sobrou, cubro com uma camada de base, para "alisar" qualquer enrugadinho e limpo normalmente ao redor.

Como sempre, finalizei com o Top Coat da Impala.




O que acharam? Vocês também fizeram algo de diferente nas unhas?
Mil beijos, até a próxima! ;*
<3