Menu-Cat

Resenha: Caraval - Stephanie Garber


        Bom dia, meus amores! Trouxe mais uma resenha de livros para vocês! Esse foi um querido meu antes mesmo de eu ganhar - eu estava louca por tudo o que lia dele e não via a hora de tê-lo em mãos! Ganhei da minha sogra, de aniversário, e corri para ler. Demorei com a resenha, mas cheguei!



SINOPSE: Scarlett nunca saiu da pequena ilha onde ela e sua irmã, Donatella, vivem com seu cruel e poderoso pai, o Governador Dragna. Desde criança, Scarlett sonha em conhecer o Mestre Lenda do Caraval, e por isso chegou a escrever cartas a ele, mas nunca obtivera resposta.

Agora, já crescida e temerosa do pai, ela está de casamento marcado com um misterioso conde, e certamente não terá mais a chance de encontrar Lenda e sua trupe, mas isso não a impede de escrever uma carta de despedida a ele.

Dessa vez o convite para participar do Caraval finalmente chega à Scarlett. No entanto, aceitá-lo está fora de cogitação, Scarlett não pretende desobedecer ao pai. Sendo assim, Donattela, com a ajuda de um misterioso marinheiro, sequestra e leva Scarlett para o espetáculo. Mas, assim que chegam, Donattela desaparece, e Scarlett precisa encontrá-la o mais rápido possível.

O Caraval é um jogo elaborado, que precisa de toda a astúcia dos participantes. Será que Scarlett saberá jogar? Ela tem apenas cinco dias para encontrar sua irmã e vencer esta jornada.  





         O livro me conquistou logo de cara, assim que eu li na internet a sinopse. Algumas resenhas com relação ao final me deixaram com um pé atrás e eu só entendi depois de ler - vou falar sobre isso mais para frente.

        A história é de tirar o fôlego e te faz criar teorias do início ao fim, e a questionar o que é real e o que não é. Como um personagem mesmo diz:

"Mas, antes que entrem no nosso mundo, devem recordar que tudo é um jogo. O que acontece atrás dester portões pode assustar ou encantar, mas não deixem que nada os engane. Tentaremos convencer vocês de que é real, porém tudo é teatro. Um mundo feito de faz de conta. Então, apesar de querermos vê-los arrebatados, cuidado; não se deixem levar longe demais."

        No meio do caminho eu já estava como a Scarlett, sem saber no que acreditar. O Caraval joga com você o tempo todo! E isso me deixou fascinada, porque a cada momento que você tinha certeza de ter desvendado a pista e solucionado o mistério, percebia que estava muito longe da verdade. Tentei prestar atenção em cada detalhe do que estava acontecendo e fiquei nervosa a maior parte do tempo.

        Eu cheguei a um nível de desconfiança tão grande que, mesmo quando algo bom acontecia, eu estava certa de que não era real e algo ruim se seguiria em breve. E eu acho fantástico quando um livro consegue te prender dessa forma! A experiência que tive de leitura de Caraval foi das melhores!

        Justamente por motivos de desconfiança, tentei não me apegar a nenhum personagem. Olhar para todos de uma forma imparcial para desvendar o segredo, mas foi impossível. Acho que eu torcia mais para Scarlett se livrar do pai do que para descobrir a verdade por trás de tudo. Dragna era, de fato, cruel. Para punir uma das irmãs por seus atos, ele castigava a outra. Por serem muito próximas, Scarlett e Tella sempre sofriam ao virem a outra machucada por suas próprias ações.

        Em um sentido geral, algo me tocou profundamente nesse livro: o amor fraternal. Gosto de tirar lições de cada história. Acho que, de alguma forma, todas têm mensagens importantes a passar. E com Caraval não foi diferente. Ele mostra que nenhum amor pode ser tão forte quanto o de alguém que está com você desde o início, que te protege de tudo e todos. Scarlett e Donatella me fizeram sentir o companheirismo e amor de uma relação pura entre irmãs, e eu amei isso!

        Agora sobre o tão polêmico final que muitos se decepcionaram: fiquei dividida. Talvez muitos tenham sentido o que eu senti no decorrer do livro e montaram a mesma teoria que eu. Admito que me apeguei tão forte a essa teoria que, no fim, não conseguia aceitar nenhuma outra - e foi o que aconteceu. Tudo teve uma explicação plausível, e mesmo que eu estivesse esperando mais do final, algo diferente do que foi - e específico, mas que não posso dizer - amei esse livro com todas as forças! Foi uma experiência tão maravilhosa que me dá vontade de ler novamente só de lembrar!

        E o epílogo? Me deixou sem chão para a continuação do livro! Não esperava de forma alguma a "revelação" ali, o que me deixou muito ansiosa pelo próximo!

        Se você gosta de mistério, aventura e amor, em sua forma mais pura, acredito que se apaixonará pelo mundo de Caraval!



Comente com o Facebook:

2 comentários :

  1. Um livro com uma capa incrível *-*
    Não conhecia mas já quero ler !
    Ótima sua resenha, parabéns.

    www.chaeamor.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa dele é lindíssima mesmo!
      Leia sim! Tomara que goste <3
      Muito obrigada pelo comentário *---*

      Excluir