Menu-Cat

Resenha: Cidade dos Ossos - Cassandra Clare


Editora: Galera Record
Nota: 4,8 🌟


        SINOPSE: Clary Fray tem sua vida virada de cabeça para baixo quando sua mãe é sequestrada e ela se vê no meio de Caçadores de Sombras - guerreiros com sangue de anjo cuja missão é proteger o mundo que conhecemos de demônios e outras criaturas. Depois desse contato, a vida de Clary nunca mais será a mesma.


        Cidade dos Ossos foi um livro que me prendeu - muito! Fazia tempo que eu não me sentia tão envolvida em uma história e devorava tão rápido um livro de fantasia. Comecei em uma leitura coletiva, mas ficou difícil de acompanhar as metas diárias porque eu simplesmente não conseguia parar de ler! Acabei terminando muito antes do tempo, e já ansiosa para o segundo!

        Eu já conhecia a história e seus spoilers, pois acompanho a série. Mesmo que muitas situações sejam diferentes, os segredos básicos - e muitos diálogos - são os mesmos, portanto eu não tive aquela surpresa com nenhuma das revelações no decorrer do livro, mas isso não impediu que eu ficasse ansiosa em todos os momentos.

        A escrita da Cassandra é fantástica e ela sabe como conduzir uma história! As cenas de ação são bem realistas - para o quesito fantasia - e me deixaram nervosa em vários pontos. O mundo que ela criou é repleto de criaturas já bem conhecidas por nós: lobisomens, vampiros, fadas, demônios, feiticeiros. Mas com a introdução dos Caçadores de Sombras, tudo ficou ainda melhor!

         Os diálogos são muito críveis, nada forçados ou romantizados. E as ações dos personagens me pareceram bem condizentes com a situação que eles estavam vivenciando.

        Meu personagem preferido é, de longe, o Simon - amo esse menino! - e eu torcia para que ele aparecesse a todo instante! As tiradas, o sarcasmo, mas acima de tudo a lealdade dele, me fizeram amá-lo cada vez mais.

        Algumas ações de Clary são completamente compreensíveis, dado que ela é uma menina de 15 anos que vê seu mundo virar de cabeça para baixo da noite para o dia. Ela é forte e determinada, e eu adoro personagens assim!

        Jace é sedutor, bonito e extremamente convencido, o que pode irritar bastante ao leitor. Mas conforme a leitura e revelações feitas, percebemos que essa pose dele é usada para mascarar seus sentimentos reais, mesmo que ele próprio não perceba isso.


        "Amar é destruir, e ser amado é ser destruído."


        Só não dei 5 estrelas porque o romance e desejo entre os personagens principais me pareceu surgir do nada, e isso não me convenceu.

        Recomendo muito o livro para os amantes de fantasia, como eu! Instrumentos Mortais conta com 6 livros no total, além dos outros ambientados nesse mundo dos Shadowhunters. E estou ansiosa para a leitura de cada um!

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário