Menu-Cat

Resenha: O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares - Ransom Riggs


Editora: Leya 
Nota: 4,5 🌟's

“Eu tinha acabado de aceitar que minha vida seria apenas comum quando coisas extraordinárias começaram a acontecer comigo. A primeira delas foi um choque terrível e, assim como qualquer coisa que muda você para sempre, dividiu minha vida em duas partes. Antes e depois."



         SINOPSE: Jacob, um rapaz de 16 anos, se lança em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do orfanato da srta. Peregrine para crianças peculiares. Enquanto explora os quartos e corredores abandonados, fica claro para Jacob que as crianças do orfanato são muito mais que simplesmente peculiares: elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo... E, de algum modo, por mais impossível que pareça, ainda podem estar vivas.



        Admito que estava esperando algo bem diferente e completamente aterrorizante, mas não foi nada disso que encontrei, muito pelo contrário. Fui surpreendida por crianças encantadoras e um lugar que poderia ser o “Paraíso” - por um tempo.

        Durante as primeiras 100 páginas não tem muita ação e, mesmo que muitos tenham achado esse início lento, eu achei essencial e o mais crível que poderia ser, dadas as circunstâncias. Dessa forma, a jornada de Jacob se deu de forma natural e eu pude me sentir conectada a ele e ansiosa por respostas. Não me cansou de forma alguma essa parte porque foi bem desenvolvido e me prendeu demais!

        As descrições, super detalhadas, me fizeram andar pela casa agarrada nas costas de Jacob, e a cada passo que ele dava eu me sentia mais agitada e temerosa. Contudo, me deparei com um cenário que eu não imaginava e finalmente me dei conta de que o máximo de terror que eu encontraria nas páginas tinha terminado.

        As crianças do orfanato, longe de serem assustadoras como eu imaginava antes de ler, são encantadoras (quero abraçar a Olive, gente). Foi uma reviravolta completa para mim, mas gostei demais de todo o enredo e personagens, o que me deixou super curiosa para a continuação!

        A edição é muito bem feita e achei fantástica a introdução de fotografias nas páginas, que deram um ar sombrio à leitura. Como no próprio final do livro é dito, todas são antigas e autênticas e fazem parte de acervo de vários colecionadores, de onde o autor pegou emprestado. E o resultado delas inseridas no contexto da história? Assombroso e bem peculiar!

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário