Menu-Cat

Resenha: Extraordinário - R. J. Palacio


Editora: Intrínseca 
Nota: 5,0 🌟's + 💖



SINOPSE: Auggie é uma criança de 10 anos que nasceu com uma síndrome genética que o deixou com deformidades faciais, fazendo com que ele passasse por diversas cirurgias. Educado em casa até então, Auggie se prepara para frequentar uma escola de verdade. Se ser aluno novo já não é fácil, com um rosto diferente é ainda mais difícil. Ele vai ter de convencer seus colegas que, apesar de sua aparência diferente, ele é um menino igual a todos os outros.



        Lindo, divertido e extremamente emocionante, esse livro deveria ser uma "parada obrigatória" a todas as pessoas.

        A escrita é maravilhosa, e achei incrível que a narrativa seja dividida entre os personagens, mostrando o ponto de vista deles e seus sentimentos com relação ao Auggie. Em primeira pessoa, a sensação que tive foi de estar sentada com cada um deles, ouvindo o que tinham a dizer - e como tinham coisas a dizer.

        Mesmo seguindo uma linha humorística para deixar a leitura leve, o livro aborda, do início ao fim, temas incrivelmente importantes. Acima de tudo, o preconceito e a aceitação, a  visão que temos sobre o que é diferente e como lidamos com essa diferença.

        E o que falar do Auggie? Esse menino doce, que, acima de tudo, só quer ser visto como uma criança normal - exatamente o que ele é. Passar com ele por essa trajetória de início de escola, novas amizades e bullying, me fez abrir ainda mais os olhos para como lidamos com as pessoas ao nosso redor.

        Esse livro te faz sentir - e muito! -, se emocionar, amar (como não amar a família do Auggie?), e refletir. Acredito que, quanto mais refletirmos sobre a vida, mais vamos aprender o sentido dela. Mais vamos aprender a amar, respeitar, cuidar. Mais vamos querer estar perto de pessoas carinhosas, amorosas, leais e divertidas. Mais vamos lutar pela igualdade de todos e por todos. E mais do que tudo, vamos saber que todo mundo, independente de como seja por fora, todo mundo é extraordinário.


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário :

Postar um comentário